“O que gostas mais em ti?” é a minha pergunta de abertura em qualquer sessão boudoir com uma cliente. Descobre as formas como a fotografia boudoir vai mudar a tua vida, independentemente da tua idade, ideais e crenças.

Como a Fotografia Boudoir Vai Mudar a Tua Vida

Nos EUA a fotografia boudoir (ou sensual, como alguns lhe chamam) já é quase tão comum e aceite como a fotografia de casamento, eventos, noivado e newborn.

Mas em Portugal, como fotógrafa, sinto que ainda estamos a dar os primeiros passos. Quando entramos em contacto com a fotografia boudoir pela primeira vez, pensamos que poderia ser algo que somente faz sentido nas páginas da revista Playboy e que só teria utilidade para agradar ao olhar do género oposto. Mas não poderia estar mais longe da verdade.

Pretendo fazer um novo blog a explorar mais a fundo o que a fotografia boudoir realmente é, mas neste vamos enveredar por outro caminho e porque é que a fotografia boudoir é uma experiência pela qual cada mulher deve passar pelo menos uma vez na vida.

Num país ainda tão conservador e dependente da fotografia de evento, eu e alguns outros fotógrafos estamos a desafiar paradigmas e a criar um espaço seguro onde as pessoas podem ser quem elas verdadeiramente são, despidas de pretensões (e, às vezes, no sentido literal da palavra). Lê abaixo como a fotografia boudoir vai mudar a tua vida!

Vais Ser Mais Confiante

Quando estamos sozinhas diante do espelho, em cima da balança ou com uma fita métrica de costura é muito fácil entrar num padrão mental negativo que se torna uma espiral descendente.
“Estou gorda. Preciso emagrecer.”
“Com esta medida na cintura jamais vou conseguir vestir aquela camisa que tinha guardada para quando emagrecesse.”
“A minha testa é muito larga. Quando sorrio começa a notar-se linhas de expressão.”

Dizemos tantas coisas que inconscientemente nos levam a sentirmo-nos mal em relação a nós mesmas que elas começam a tornar-se um padrão, e quando damos conta este autoflagelo é uma constante diária que nos leva para os lugares mais escuros da nossa mente.

Numa sessão boudoir acontece o oposto. Celebra-se o que gostamos. Encontramos ângulos do lado de fora do teu corpo para mostrar que aquilo que tu não gostas simplesmente estava a ser visto do ângulo errado. Que as cicatrizes contam uma história e que, na verdade, és uma guerreira que conseguiu superar o pior dia da sua vida e está agora diante da câmara a superar todos esses traumas e dores. A documentar as suas vitórias e a fazer pazes com o que já era.

As tuas relações com o teu corpo mudam. Mas com as pessoas à tua volta também. Uma mulher confiante percebe o valor que tem, e não vai perder tempo com matches de Tinder que não têm nada em comum consigo. Vai ganhar o à-vontade suficiente para pedir aquela promoção ou aumento no salário depois de tantos meses sem ter coragem para o fazer. No fundo, o mundo torna-se a tua ostra.

É um Ótimo Presente

Embora eu seja apologista que uma sessão boudoir seja o melhor presente para nós mesmas, é sem dúvida também um belo presente para quem pretende oferecer a(o) namoradx, noivx ou marido/mulher.

Se eles te oferecerem um voucher de oferta da minha parte, ou se decidiram marcar uma sessão para ti (desde que o tenham feito com o teu consentimento, claro), fá-lo-ei com todo o gosto desde que te sintas com tanta vontade de ser fotografada como elxs.

Não só isso como, se alinhares, poderás ter uma sessão temática que se ajuste aos gostos do teu parceiro ou parceira. Se ele/a trabalhar como engenheiro/a civil, poderás fazer uma sessão com um capacete de segurança e um colete retrorrefletor. Se for jogador de futebol, a camisola com o seu nome e uma bola. Por que não? Quando entras no meu espaço não há limite para as ideias e todas são bem-vindas!

Como a Fotografia Boudoir Vai Mudar a Tua Vida

Tu Cresces Fora da Zona de Conforto

Isto é algo que eu própria deveria seguir mais de perto. É quase engraçado que posso aplicar aqui a famosa expressão “faz o que eu digo, não faças o que eu faço”. Mas hipocrisia à parte, sempre que saímos da nossa zona de conforto duas coisas podem acontecer: aprendemos algo novo e/ou mudamos a rota.

Quem vem a uma sessão boudoir procura conhecer-se melhor, procura oferecer um presente, procura ultrapassar dúvidas em relação a si mesma e a ver-se de uma maneira que talvez sozinha não consiga.

Todas os passos que damos fora da zona de conforto colocam-nos um pouco em pânico, mas a História nunca se fez dentro da mesma.

Numa sessão boudoir existe uma probabilidade muito grande de te sentires desconfortável, no entanto é minha responsabilidade fazer-te sentir o mais bem-vinda e confortável possível. A vulnerabilidade é necessária para que mais tarde tenhas resultados incríveis. Deixa o resto comigo.

Não estava a brincar quando disse que a fotografia boudoir vai mudar a tua vida.

Please install and activate the "Newsletter" plugin to show the form.
About the author

Apaixonada por fotografia, livros, gatos, maquilhagem e comida. Gosto de consumir arte e gosto de criá-la também. Não existe melhor sensação do que poder ajudar as mulheres através da minha arte, e a melhor parte do meu trabalho é quando sei que tive sucesso em restaurar e recuperar a auto-estima e confiança de uma mulher. Adoro a forma feminina e todas as subtilezas do espírito humano, e é o meu objetivo capturá-las para que as mulheres se vejam a si mesmas como realmente são: poderosas, belas e autênticas, por dentro e por fora.

Related Posts

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.